Dólar
Euro
Dólar
Euro
Dólar
Euro

AÇÃO

Secretaria de Saúde de Guarapuava inicia ações para o levantamento rápido de índices de aedes aegypti

O levantamento é realizado em todos os bairros do Município, e se refere a uma metodologia que permite a constatação rápida da quantidade de imóveis com a presença de recipientes com larvas de Aedes aegypti

(Foto: Secom Guarapuava)
(Foto: Secom Guarapuava)

A partir dessa segunda-feira (13 de maio), os agentes de combate a endemias do Município realizam visitas domiciliares para o Levantamento Rápido de Índices de Aedes aegypti (LIRAa). A ação se iniciou no Bairro Morro Alto, e é realizada pela Secretária de Saúde (SMS) de Guarapuava, por meio do Setor de Vigilância Ambiental em Saúde.

"Esta ação é importante porque ela nos direciona e possibilita que saibamos onde realmente há o maior número de focos aqui dentro de Guarapuava. Dividimos a cidade em seis estratos. A partir disso, fazemos uma porcentagem destes locais, para sabermos quais bairros estão com mais índice de infestação. Então, constatamos qual é o nosso índice de infestação predial do Município", declarou a responsável pelo setor de Vigilância Ambiental em Saúde de Guarapuava, Sabina Curi.

"O LIRAa é o índice de amostragem rápida que nos permite ver de forma mais clara qual o nível de infestação do mosquito Aedes aegypti. A partir disso, podemos saber quais as áreas mais afetadas da cidade e, então, desenvolver um plano de ação e enfrentamento mais eficaz e direcionado", destacou a diretora do Departamento de Vigilância em Saúde, Bruna Tembil Batista.

O LIRAa é uma metodologia que permite o conhecimento de forma rápida, por amostragem, da quantidade de imóveis com a presença de recipientes com larvas de Aedes aegypti. Os resultados obtidos permitem aos gestores a avaliação das atividades já desenvolvidas e o redirecionamento das ações de controle do vetor, além de indicarem os depósitos mais utilizados pelo mosquito para a postura dos ovos.

"Esta ação é importante para combatermos o mosquito e evitarmos a proliferação. Nós percorremos todos os bairros. O LIRAa dura em torno de uma semana, e é um índice rápido para constatarmos o grau de infestação que temos na cidade", ressaltou uma das agentes da ação no Bairro Morro Alto, Rosa de Fátima Kraus Sidor.

"Acho muito importante, porque tem muita gente que não liga para essas coisas. Eu gosto muito de deixar tudo organizado, porque eu tenho meu filhinho, e sei que dengue não é algo fácil. É algo horrível, já perdi muita gente da minha família por causa disso. As visitas são super boas, porque não é fácil, ainda mais para nós que não entendemos muito sobre. É muito bom ter elas (as agentes) aqui", relatou a moradora Gabrielly Naiane Silvério, de 23 anos.

"É bom quando (os agentes) vêm fazer uma visita para a gente, porque nos orientam com coisas que a gente não sabe. É muito importante fazerem esta visita. Que a população faça a parte dela, nós fazemos a nossa, e combatemos o mosquito da dengue", afirmou a moradora Madalena Francisco de Souza, de 47 anos.

Comentários

Leia estas Notícias

Acesse sua conta
ou cadastre-se grátis