Dólar
Euro
Dólar
Euro
Dólar
Euro

AÇÃO

Saúde de Guarapuava promove palestras de conscientização sobre a dengue em escolas

Intuito da iniciativa é promover informações e formas de prevenção das doenças causadas pelo mosquito Aedes aegypti

(Foto: Secom Guarapuava)
(Foto: Secom Guarapuava)

A Prefeitura de Guarapuava, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), realiza palestras educativas e de conscientização sobre a dengue em instituições de ensino da cidade. A ação, que é coordenada pela divisão de Vigilância em Saúde do Município, é desenvolvida pelos agentes de combate a endemias e abrange colégios, escolas e CMEI"s (Centros Municipais de Educação Infantil).

"A Dengue é uma doença séria que estamos vivenciando em nosso Município. As ações educativas estão sendo realizadas tanto para conscientização da nossa população quanto para os cuidados e prevenção. Quando essa conscientização parte dos nossos alunos, tudo fica melhor, uma vez que eles levam essas informações aos seus domicílios e sensibilizam os familiares", ressaltou a secretária Municipal de Saúde, Chayane Andrade Ceroni.

A responsável pelo setor de Vigilância Ambiental em Saúde de Guarapuava, Sabina Curi, destaca que engajar os estudantes por meio da ação é de suma importância para a promoção de informações corretas sobre a doença, além de instruir a comunidade a se prevenir.

"Estas palestras são muito importantes por conta da prevenção. As crianças nos ajudam muito para divulgar os cuidados que devemos ter em casa. Muitas vezes, elas mesmas, ao brincarem no quintal, acabam eliminando todo e qualquer tipo de depósito com água. Os nossos trabalhos, como palestras e visitas domiciliares, são realizados o ano inteiro. Nós vamos continuar agindo e tentando evitar ao máximo que o mosquito se prolifere e aumente os casos", destacou Sabina.

A agente Eva Giseli dos Santos destaca que o trabalho de sua equipe é mais intensificado e abrangente ao se comunicarem com os estudantes, pois o ambiente escolar proporciona o espaço para a conscientização e reflexão.

"A ação é um incentivo para que alunos e professores interajam conosco, agentes de endemias e vigilância sanitária, que trabalhamos com eles sobre o transmissor da dengue. A cada palestra, passamos informações sobre os sintomas que o vírus pode causar. Além disso, ajudamos com a prevenção, evitando deixar água parada e sujeira nos terrenos e casas. Sempre falamos para as crianças que elas são nosso meio de comunicação mais importante com a população, pois nem sempre nas visitas conseguimos achar as famílias em casa. Por isso, a partir dos pequenos, a gente consegue transmitir essas informações tão importantes", relatou a agente.

A iniciativa teve início no dia 3 de junho, e pretende atingir mais de 20 instituições. Dentre as unidades de ensino, quatro são do distrito da Palmeirinha.

Comentários
Acesse sua conta
ou cadastre-se grátis